PROFESSOR DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TAQUARUSSU, TEM PARTICIPAÇÃO EM LIVRO LITERÁRIO.

O professor Rogério Francisco dos Santos tem participação especial na publicação da obra literária “MALANDROS OU NEOPÍCAROS: Figurações do anti-herói na Literatura Brasileira”, o mesmo foi organizado pelo Prof Dr Altamir Botoso da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS, em sua primeira edição a obra foi lançada no final de 2017 pela editora Todas as Musas – São Paulo, e traz como eixo temático os desafios sociais vivenciados por personagens que tem desejos de ascendência em meio a duras realidades da vida.

A sociedade brasileira vive entre a ordem e a desordem. E é desta dialética social que nasce uma personagem que necessita viver. A personagem, enquanto parte da cultura brasileira, surge tipicamente estereotipada na primeira metade do século XX e é popularmente ligada ao Rio de Janeiro. Em seus estereótipos, assim como o pícaro espanhol, o malandro habita determinado gueto, não se misturando com as classes mais proeminentes. Todavia no Brasil, ganha até mesmo roupas características: chapéu panamá, calças e sapatos em branco ou preto, camisa ou camiseta com listas, paletó, “luxos” estes que o pícaro espanhol jamais poderia pagar. Enquanto o malandro quase sempre é, na cultura popular, associado a um adulto, boêmio, galante, que não acredita no trabalho, aprecia as rodas de samba e usa do jogo de artimanhas para se “dar bem”, o pícaro é, mais frequentemente, associado à figura infantil.

No livro, o professor traz um artigo, intitulado Personagens Neopícaros no conto “O comprador de fazendas”, de Monteiro Lobato, em que o mesmo faz uma análise crítica dos personagens do conto e de suas características, a luz da teoria da neopicaresca brasileira.

Professor Rogério, é formado em Letras-Português Inglês pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS, pós graduado em Coordenação Pedagógica, pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul- UFMS e atualmente é aluno regular no curso de Pós Graduação, nível Mestrado Acadêmico em Letras da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – UEMS – Unidade Universitária de Campo Grande tendo por área de concentração, Linguagens: Língua e Literatura e incluso na linha de pesquisa: Literatura, Sociedade e História.

Em meio a tantas mazelas sociais a que nosso país enfrenta diante de tantas dificuldades socioeconômicas a que nosso povo está sujeito e diante dos mandos e desmandos de uma minoria sórdida que ameaçam a democracia e os sonhos brasileiros a LITERATURA se faz presente, sendo instrumento de reflexão para a construção dos sonhos e da vida, este trabalho me alegra muito e tenho consciência de que o mesmo é um processo de colaboração que existe nas relações sociais a que fazemos ao longo de nossas vidas. Sou grato a DEUS, a minha FAMÍLIA e a todos os meus amigos que compartilham sonhos, conhecimentos e saberes para o fazer de um novo cenário social. Que possamos por meio do conhecimento construir práticas colaborativas para que a equidade seja capaz de resplandecer neste país fazendo com que as gerações futuras tenham melhores condições de sobrevivência e vida digna

rog rog1 roge

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *